Esqueci minha senha!
Criar meu cadastro
Revista FIEL


Aumentar a Fonte   Diminuir a Fonte
15.09.2016
Casa de Maria e Marta
A Responsabilidade social é uma vocação da Associação Vitória em Cristo. Baseada nesse propósito, a Avec apoia o trabalho realizado pela instituição Casa de Maria e Marta, localizado no Morro Dona Marta (RJ). No cenário em que o projeto social está inserido, o desfecho poderia ser triste, mas a missionária Edméia Willians decidiu influenciar na mudança de rota das famílias que moram na comunidade.

O projeto chama a atenção por sua missão socioeducativa. Em julho, acompanhamos dois jornalistas, um porto-riquenho e um brasileiro, em uma reportagem especial sobre a Casa de Maria e Marta e a parceria com a Avec, e mostramos os benefícios que o projeto de Edméia Williams proporciona às famílias da localidade.

A parceria com a Avec produz bons frutos ao projeto e à comunidade. O apoio financeiro da Associação à Casa de Maria Marta ajuda a manter o espaço, a comprar alimentos, material escolar e de higiene e limpeza, entre outras despesas.

Quem já foi abençoado agora abençoa

No primeiro andar da casa, o ex-aluno, Wallace Pereira, professor de informática do projeto, dá aulas e conta como a vida dele foi moldada pela iniciativa da missionária Edméia. “Aprendi a ser quem sou na Casa de Maria e Marta”, afirma. Ele é um dos exemplos de pessoas que passaram pelo projeto e que tiveram sua vida transformada. Empenhado em ensinar o melhor, o professor ensina às crianças a lidar com programas de informática, internet e inglês básico.

Além das aulas de informática, as crianças têm aulas de música, dança e apoio no ensino. O projeto recebe os alunos nos horários da manhã e da tarde. Os que vão à escola na parte da tarde chegam cedo, tomam café da manhã e após as aulas no projeto, almoçam e vão para o colégio. Na parte da tarde, os alunos chegam direto da escola, almoçam e ao fim de todo serviço do local, eles lancham e vão para suas casas.

Edméia conta do suporte que o projeto dá a todos os alunos que estudam no local. “Eles recebem material escolar, itens de higiene pessoal e roupas novas no final de cada ano. Tudo é novo”, conta. Ela enfatiza que tudo que é fornecido pelo projeto é de ótima qualidade e que as crianças merecem o melhor. Todos esses materiais são dados à 98 crianças que fazem parte da Casa de Maria e Marta atualmente.

Sobre o cenário da Casa de Maria e Marta

Criada em 1990, a Casa de Maria e Marta surgiu com o intuito de plantar o evangelho no coração de cada criança que passa por lá e, assim, mudar a vida de muitas famílias. Quando o projeto foi criado, a favela era considerada uma das mais violentas do Brasil e hoje, é pacificada e sem nenhum tipo de violência.

Na favela, vivem aproximadamente 6 mil pessoas e nesse número, 83% da população é evangélica. Quando iniciou o projeto, a missionária Edméia encontrou uma resistência, porque no local havia muita violência e hostilidade. Ela conta que começou seu trabalho com as crianças em uma praça, localizada na subida do morro e, logo após, conseguiu uma casa para poder começar efetivamente o trabalho no morro.

E, assim, ela conquistou as pessoas da comunidade pouco a pouco e por intermédio de seu trabalho, a paz de Cristo foi levada ao local, causando uma transformação total no morro. Em 2008, o Morro Dona Marta foi pacificado, sem nenhum derramamento de sangue ou prisões e a missionária se orgulha disso. Segundo ela, hoje, a favela vive em paz graças à luz de Deus que foi levada até lá.


Internautas online 21