/noticia/342/o-direito-a-vida-e-a-mae-de-todos-os-direitos

Notícias

O direito à vida é a mãe de todos os direitos

Conheça mais sobre o Projeto Bom Viver, que atende mulheres com gravidez indesejada e oferece todo suporte para evitar o aborto

08/10/2020 O direito à vida é a mãe de todos os direitos

Nos dias de hoje, discussões sobre a legalização do aborto são cada vez mais frequentes. Deixados de lado os motivos que apresentam para defender tal questão, vamos destacar as razões que nos fazem ressaltar o Dia Nacional do Direito à Vida, comemorado em 8 de outubro. O direito de viver é a mãe de todos os direitos. Crendo nisso, temos visto grandes testemunhos do Projeto Bom Viver, que atende mulheres com gravidez inesperada.

 

Essa data comemorativa faz parte do calendário desde 1983, idealizada para garantir o direito à vida desde a concepção até o dia natural de morte. O pastor Silas Malafaia tem se posicionado e ensinado sobre o aborto à luz da ciência, da Lei e da Bíblia em suas redes sociais: “Quando há na gestação o risco à vida da mãe, se dá preferência à mãe. Aí não é aborto, é escolha de vida. Vive o ser que tem relacionamento social. Isso é perfeitamente razoável. Mas o aborto por si só é crime. Na ciência, a vida começa na concepção. Durante a gestação, o agente ativo é o pequeno bebê, e não a mãe. Ele não é prolongamento do corpo dela, é outro corpo. Na Lei, a vida é a mãe de todos os direitos. Se cessar o direito à vida, acaba com todos os outros direitos. Se observar, quando mais se agrava um ato contra o ser humano, a pena aumenta. A maior pena tem a ver com assassinato. Não existe nada mais precioso que a vida humana. Na Bíblia, vemos no Salmo 139 que Deus participa da vida desde o ato da fecundação. Vemos também que o chamado de Deus existe desde o ventre (Jeremias 1), entre outros exemplos”.

 

“Não existe nada mais precioso que a vida humana” Pr. Silas Malafaia

 

Com esses valores em prol da vida, a Associação Vitória em Cristo apoia o Projeto Bom Viver, localizado na Penha (RJ). O projeto tem como objetivo atender, orientar e acompanhar gestantes de todas as idades que estejam passando por momentos de crise e conflito. Elas recebem toda a atenção e o trabalho de profissionais de serviço social, psicólogos, médicos, enfermeiros, terapeutas e outros, para que possam zelar por sua saúde física, mental e espiritual. Cuidado que influencia na gestação do bebê, evitando o risco do aborto.

 

“As gestantes chegam até nós com muitas frustrações e medo, e nós falamos sobre o direito à vida, orientamos os riscos que um aborto causa e aconselhamos durante todos os conflitos”, conta Fatima Pinheiro, a assistente social do projeto.

 

As mães assistidas pelo projeto têm aula de capacitação profissional, onde fazem oficinas, cursos e palestras educativas, resgatando a autoestima e incentivando o empreendedorismo, já que elas aprendem uma nova profissão e podem gerar a própria renda. “Temos feito Artes em EVA. É gratificante presenciar a satisfação e alegria quando as alunas concluem suas peças, pois iniciam a aula certas de que não são capazes e, ao final da aula, falam até em produzir para gerar renda. É muito bom ver como Deus age através de pequenos gestos”, relatou Jane da Silva Dias, que atua na Terapia Ocupacional.

Copyright © Associação Vitória em Cristo 1982 - 2020. Todos os direitos reservados

AGUARDE