/noticia/404/elizete-malafaia-responde---parte-3--especial-mes-das-maes-

Notícias

  • Home
  • Notícias
  • Elizete Malafaia responde - Parte 3 [Especial Mês das Mães]

Elizete Malafaia responde - Parte 3 [Especial Mês das Mães]

Veja a terceira parte de perguntas respondidas pela pastora e psicóloga Elizete Malafaia. Desta vez, as perguntas são feitas por mães

08/05/2021 Elizete Malafaia responde - Parte 3 [Especial Mês das Mães]

Ser mãe é desenvolver uma capacidade de amor infinito e incondicional, não é mesmo? Junto com essa missão maravilhosa, vêm também muitas responsabilidades e conflitos. Neste mês das mães, damos sequência às perguntas respondidas pela pastora e psicóloga Elizete Malafaia sobre o cotidiano feminino.

- Como resgatar meu filho que se envolveu com drogas?
Primeiro, amando, orando e acolhendo o seu filho sempre que ele precisar, principalmente nas recaídas. 
Nos momentos de crise, não adianta gritar, discutir, ofender, humilhar e, muito menos, amaldiçoar, pois ele é uma pessoa que está neste mundo para cumprir um propósito designado por Deus. 
Para amadurecermos em todas as áreas da vida, e sermos canal de bênção nesta terra, nosso treinamento, como cristãos, será com as pessoas mais próximas a nós. Geralmente, nossos cônjuges e filhos. 
Não se deixe levar pela ansiedade excessiva, pois ela pode interferir no relacionamento com o seu filho, e ele precisa sentir confiança em você e da sua presença na vida dele. 
Enquanto pais, não deixe de usar a sua autoridade e disciplina dentro do seu lar. Seu filho não pode extrapolar os limites de filho dentro da sua casa.  
Um dos segredos para a libertação do dependente químico é o poder do diálogo. Por isso, ouça as demandas do seu filho. A conversa sincera entre pais e filhos é vital para o tratamento dele. 
Demonstre interesse em ajudá-lo. Ele precisa se sentir amado e pertencente à família. Nunca o rejeite. Junto a essas atitudes, jamais deixe de abençoá-lo. Ore por ele, interceda a Deus com fé e declare, diariamente, a libertação de seu filho, confiando que Deus vai agir na hora e no momento certo. 
Não desista do seu filho. Ele é a sua herança.
Os filhos são um presente do Senhor; eles são uma verdadeira bênção (Salmo 127.3).

- Eu induzi um aborto e não consigo viver sem culpa. O que fazer?
A primeira coisa é procurar o seu pastor, ou algum conselheiro de sua confiança. Abra o seu coração e fale do seu arrependimento. A Bíblia diz que devemos confessar os nossos pecados e que, quando o deixamos, somos perdoados de todos eles: Se confessarmos os nossos pecados a Deus, ele cumprirá a sua promessa e fará o que é correto: ele perdoará os nossos pecados e nos limpará de toda maldade (1 João 1.9).
A importância de falar, confessar e se arrepender é que, a partir deste momento, Satanás não tem mais legalidade para nos acusar, por isso, ele faz de tudo para que o ser humano se mantenha calado, porque ele se torna uma presa em suas mãos.
Para que o trauma seja curado e a pessoa em questão perdoada, o segredo é a confissão. Se você já confessou, não aceite a acusação de Satanás, pois a função dele é nos acusar para nos manter com o sentimento de culpa e frustração. É assim que ele vive, pois para ele não há mais perdão.
Nós temos a garantia do sangue de Jesus, que foi derramado na cruz para nos purificar de todo pecado. 
Portanto, confessem os seus pecados uns aos outros e façam oração uns pelos outros, para que vocês sejam curados. A oração de uma pessoa obediente a Deus tem muito poder (Tiago 5.16).

- Estou gerando um filho com necessidades especiais. Ele merece vir ao mundo?
Claro que sim. Todo ser humano vem ao mundo porque Deus quis. Nós só fazemos sexo. Quem dá filhos é Deus. 
Saiba que seu filho é um presente especial de Deus para você. Com certeza, essa criança tem algo da parte de Deus para realizar nesta terra e você é o canal que Deus escolheu para trazê-lo a este mundo. 
Sinta-se privilegiada, pois Deus viu em você a capacidade de amar, cuidar e proteger esta criança. Agradeça a Deus desde já por Ele conceder a você este privilégio.
Nós não fomos os filhos perfeitos que Deus idealizou, mas nem por isso, Ele deixou de nos amar, cuidar e nos proteger. Ele enviou ao mundo o Seu único Filho para morrer na cruz por nós.
Seu filho talvez não seja como você idealizou, mas o seu sacrifício de amor, cuidado e proteção por ele será recompensado por Deus. Ame-o desde já e declare palavras proféticas sobre a vida dele, pois ele está vindo para realizar um propósito.
Os filhos são um presente do Senhor; eles são uma verdadeira bênção (Salmo 127.3).
 

Copyright © Associação Vitória em Cristo 1982 - 2021. Todos os direitos reservados

AGUARDE