/noticia/441/como-ser-um-bom-voluntario

Notícias

Como ser um bom voluntário

Você realiza um trabalho voluntário? Hoje, 28 de agosto, Dia do Voluntário, veja algumas dicas sobre como ser excelente na sua função

28/08/2021 Como ser um bom voluntário

Visitar abrigos? Ensinar crianças? Distribuir comida? Servir em um ministério? Quando uma missão enche o nosso coração, nós nos tornamos dispostos a trabalhar por ela com todas as forças. Não é algo sobre quanto ganharemos em troca, recompensa financeira ou elogios. Nos dedicamos simplesmente porque amamos o propósito em comum, e isso nos faz voluntários.

O voluntário investe seu tempo, recursos e talentos. Essa entrega e constância, ainda que não visem benefícios, são vistas pelo céu com bons olhos, pois, como disse o apóstolo Paulo: não nos cansemos de fazer o bem, pois no tempo próprio colheremos, se não desanimarmos (Gálatas 6.9).

Se você se mostrou disponível a servir voluntariamente em alguma causa, se destaque como alguém que faz de forma excelente aquilo que se propõe em fazer. Para isso, vamos te ajudar com cinco características que um bom voluntário tem. Veja no quadro abaixo.


5 características de um bom voluntário

1.    Sabe trabalhar em equipe    
O trabalho voluntário é feito da reunião de várias pessoas que trabalham juntas pelo mesmo propósito.
2.    Tem iniciativa    
O bom voluntário é proativo e faz o que é preciso.
3.    É motivado
Tem disposição para o trabalho. Seu entusiasmo motiva outros a colaborarem.
4.    Possui empatia
O bom voluntário sabe se colocar no lugar do outro, sabe reconhecer a humanidade de cada um.
5.    Se compromete com a causa    
Manter o compromisso é essencial. O bom voluntário separa uma quantidade de horas semanais para se dedicar ao trabalho.

Ser voluntário não é algo que beneficia apenas o local ou a pessoa que recebe a ajuda. Quem se dedica nesse papel também tem a oportunidade de desenvolver novas habilidades, de conhecer pessoas interessantes e de exercer a cidadania, além do grande prazer que é encontrar uma causa que o move. A Dayana Machado, do Rio de Janeiro, testemunha isso: “Ser parceiro da Avec me dá um sentido à vida”.

Há pessoas que não conseguem participar presencialmente, pois tem todo tempo tomado com trabalho, estudos e cuidados com a casa, entre outras coisas. Mas, ainda assim, como a Dayana, encontram uma forma de ajudar fazendo uma doação para essas causas. Nem todos que amam a África ou regiões carentes em nosso Brasil conseguirão ir até lá, mas contribuem com quem está indo e com associações como a Avec, que é a ponte que une quem quer ajudar a quem precisa de ajuda. Certa vez, o evangelista Oswald Smith disse que trabalho voluntário e missões “são feitos com os pés dos que vão, com os joelhos dos que ficam e com as mãos dos que contribuem”. Qual é o seu papel nisso? Tudo o que fizerem, façam de todo o coração, como para o Senhor, e não para os homens (Colossenses 3.23).
 

Copyright © Associação Vitória em Cristo 1982 - 2021. Todos os direitos reservados

AGUARDE