/noticia/456/capoeira-e-muito-movimento-no-cora

Notícias

Capoeira e muito movimento no CORA

Oficina pedagógica e atividade física ajudam no tratamento com autistas

12/10/2021 Capoeira e muito movimento no CORA

Faz 10 anos que o Centro de Otimização para a Reabilitação do Autista (CORA) foi criado, inicialmente, com o intuito de divulgar e esclarecer informações sobre o autismo. Com o tempo, o projeto tomou outra proporção e, desde então, centenas de crianças e adolescentes receberam atendimento de fonoaudiologia, psicologia, psicopedagogia, fisioterapia e psicomotricista.

Recentemente, o CORA retomou um exercício que já fez parte de seu quadro de atividades: a capoeira. Segundo a própria instituição, a capoeira é um encontro de histórias, onde sua expressão contém música, luta, dança e diálogo. “Por ser tão plural, o processo de aprendizado é necessariamente adaptado a cada pessoa, sendo o objetivo sempre superar os nossos desafios e expandir as nossas potencialidades”, contou Michele Senra, idealizadora do CORA.

Assim, o professor Léo Baiano tem aplicado a capoeira de acordo com as necessidades dos alunos. Michele explica: “Nossa metodologia é construída através de uma escuta ativa, paciente e atenta às individualidades de cada aluno, estimulando com jogos e brincadeiras habilidades que impulsionam a autonomia e o desenvolvimento amplo, tendo como fio condutor as histórias e movimentos da capoeira e da cultura popular”.


Arte na oficina pedagógica
O CORA também está com uma oficina pedagógica que tem como objetivo ensinar habilidades importantes para a ampliação cognitiva, emocional e motora do autista. Eles recortam papeis e cartolinas em formas geométricas, trabalhando a colagem a partir de um tema indicado.

Atividades que podem parecer comuns funcionam como uma ferramenta para os profissionais do Centro de Otimização para a Reabilitação do Autista. Somente quem precisa dessa ajuda sabe como o tratamento contribui para um melhor desenvolvimento do autista, sendo fundamental para o avanço da independência deles no cotidiano.

Graças à liberalidade dos Parceiros Ministeriais, famílias menos favorecidas podem manter seus filhos autistas em uma instituição de qualidade, que oferece apoio completo para menores com Transtorno de Espectro Autista (TEA).
 

Copyright © Associação Vitória em Cristo 1982 - 2021. Todos os direitos reservados

AGUARDE