/noticia/508/eles-nao-sao-mais-os-mesmos---

Notícias

Eles não são mais os mesmos...

Relembre alguns testemunhos de pessoas que foram atendidas pelos projetos sociais apoiados pela Avec e tiveram suas vidas transformadas

24/05/2022 Eles não são mais os mesmos...

Veja alguns testemunhos de pessoas que transformaram suas vidas por meio dos projetos sociais que a Avec apoia!

Depois de 26 anos no alcoolismo...

Ricardo (na foto, à direita, de camisa cinza) passou 26 anos no alcoolismo e tentou tratamento várias vezes, mas nunca conseguiu ficar mais de 45 dias limpo. Depois desse histórico, Ricardo chegou na Casa de Maquir, onde começou um processo lindo de restauração. Tem 8 meses que ele não ingere uma gota de álcool.

“A minha casa é aqui”
"Cheguei todo machucado no Lar Amor Maior. A irmã Rosita me deu apoio, e eu fiquei bem. O Lar Amor Maior é minha família, e eu ajudo com o que posso: cuido das idosas, levo para o hospital, carrego cadeira de rodas... Tenho contato com a minha família, mas a minha casa é aqui", conta Ademir (na foto, à esquerda, de camisa branca).

“Achava que ia acabar com tudo”
Eles chegaram ao fundo do poço. Foram 20 anos de drogas. Já tinham tentado tratamento algumas vezes, mas um dia, em 2018, Ana Paula pediu socorro à pastora Wilma, da Casa Renascer. Ela e seu marido, Sany (na foto, o casal no centro), precisavam se tratar juntos. Hoje, eles testemunham a libertação! "Passar pela Casa Renascer foi a oportunidade mais maravilhosa que tivemos. Eu já queria acabar com a minha vida, porque achava que ia acabar com tudo, mas Deus me restaurou", conta Ana Paula.

“Hoje eu sou bacharel em Direito”
“Eu era um cara terrível e tive grandes quedas durante a vida. Começaram os problemas dentro de casa, e resultado: saí de casa e fui viver na rua. Cheguei no Lar Amor Maior no final de 1999. Comecei a cuidar de mim neste lugar, mas não conhecia a Palavra de Deus, então eu não tinha força nenhuma porque estava afundado em drogas e álcool. Um dia, dei ouvidos à Palavra em um culto, e isso iniciou minha transformação. Um dia, me perguntaram se eu queria fazer vestibular. Eu disse que estava muito velho para sentar numa cadeira e fazer uma prova. Fui desafiado a tentar, e hoje eu sou bacharel em Direito”, conta Júlio Pereira da Silva (na foto, à direita com camisa de gola).

“Tentei usar drogas até morrer”
Leonardo (na foto, de camisa preta) usou drogas durante 14 anos. Ele queria se anestesiar dos problemas, tinha uma vida vazia e sem esperança. Certa vez, ele usou drogas cinco dias seguidos, pois desejava morrer. Foi assim que o Leonardo chegou na Casa de Maquir. Hoje, quatro anos depois, ele conta: "Minha vida mudou totalmente. Minha esposa estava com as malas prontas para ir embora. Hoje, estamos juntos e temos mais uma filha. Consigo trabalhar e viver um diz de cada vez".

A sua doação faz isso ser possível. Se você ainda não é, torne-se um Parceiro Ministerial e nos ajude nessa missão. Clique aqui.

Copyright © Associação Vitória em Cristo 1982 - 2021. Todos os direitos reservados

AGUARDE