Notícias

O que atrai o olhar de Deus?

Neste artigo, Silas Malafaia expõe os requisitos necessários para atrair a atenção de Deus

09/02/2018 O que atrai o olhar de Deus?

Se o nosso propósito é que o Senhor olhe para nós de uma maneira especial, um dos procedimentos que certamente atrairá o olhar de Deus é a fidelidade. Essa é a atitude que o texto bíblico do Salmo 101.6 está indicando: Os meus olhos procurarão os fiéis da terra, para que estejam comigo; o que anda num caminho reto, esse me servirá.

Os fiéis, conforme o texto acima se refere, são aqueles que praticam a fidelidade. O termo fidelidade teve origem no latim fidelitas, que tem como qualidade a palavra latina fidelis, que literalmente significa “digno de fé”, “fiel”, “leal”.

A atitude que devemos ter para obter a atenção de Deus – a fidelidade – está sustentada em quatro pilares, ou seja, encontra-se baseada em certos fundamentos.

A integridade é o primeiro pilar da fidelidade a Deus. É ser íntegro em sua vida, ter uma vida reta diante do Senhor. Ninguém pode ser fiel a Deus sem integridade e retidão. A integridade é uma virtude e diz respeito à inteireza de caráter. Dizemos que alguém é integro quando é coerente. Podemos perceber isso na vida do patriarca Noé. Ele foi um dos homens onde encontramos um dos maiores exemplos de fidelidade na Bíblia.

O texto de Gênesis 6.9 afirma que Noé era um homem justo em todas as suas gerações. Noé era um homem que – literalmente – andava com Deus. Aqui está, então, o segundo pilar da fidelidade para atrair o olhar de Deus: a santidade. Como, então, iremos defini-la? Podemos afirmar que santidade é a qualidade ou característica daquele que pode ser considerado santo, ou seja, separado do mundo e de sua influência, buscando uma vida mais próxima a Deus.

A Bíblia afirma que o pecado é o que separa o homem de Deus. Noé andava com Deus porque levava uma existência santa; vida santa é estar separado do pecado. Vida santa é estar perto de Deus e longe do pecado.

O terceiro pilar da fidelidade a Deus é a obediência, que significa submeter-se à direção de uma autoridade ou alguém que se encontra acima de nós. As palavras essenciais para obediência, tanto em grego quanto no hebraico, remetem à atitude de ouvir a um comando superior.

No texto de Gênesis 6.18-22, Deus dá direção a Noé sobre a arca, e ele obedece: Assim fez Noé; conforme tudo o que Deus lhe mandou, assim o fez (verso 22).

O quarto pilar que sustenta a fidelidade está em Hebreus 11.7 quando fala sobre Noé: Pela fé, Noé, divinamente avisado das coisas que ainda não se viam, temeu, e, para salvação da sua família, preparou a arca, pela qual condenou o mundo, e foi feito herdeiro da justiça que é segundo a fé.

Temos que crer; e é pela fé. Como é que seremos fiéis se não crermos que Deus é soberano sobre a nossa vida? Como seremos fiéis se não crermos que Deus está no controle de tudo? Como poderemos ser fiéis se não crermos que um dia iremos dar contas a Deus? Fidelidade a Deus é integridade, santidade, obediência e fé.

Se é assim que estamos sendo, preparemo-nos! Deus está olhando-nos de maneira especial e vamos nos preparar mesmo porque chegarão bênçãos de Deus sobre a nossa vida e nossa geração!

 

Artigo escrito por Silas Malafaia e publicado na Revista Fiel, edição 150. 

Copyright © Associação Vitória em Cristo 1982 - 2017. Todos os direitos reservados