/noticia/499/os-beneficios-da-arte-para-o-autista

Notícias

Os benefícios da arte para o autista

No Dia Mundial da Conscientização do Autismo, em 2 de abril, veja como a arte ajuda no desenvolvimento dos autistas

02/04/2022 Os benefícios da arte para o autista

Desenhar, cortar, colar, pintar. Essas atividades que fazem parte do desenvolvimento da criança são ainda mais especiais quando auxiliam nas habilidades de quem tem Transtorno do Espectro do Autismo (TEA).

A arteterapia, que une conceitos de arte e psicologia, é uma ferramenta poderosa para que o autista possa aprender a expressar o que sente, pensa e a maneira com a qual percebe o mundo ao seu redor. Mais que rabiscos ou recortes, a arte estimula a imaginação, a comunicação (verbal e não verbal), ajuda na conexão com pessoas e a lidar com questões sensoriais – como sons, luzes, cheiros e texturas, que costumam ser desafiadores para quem tem autismo.

Visando a importância desse trabalho, o CORA (Centro de Otimização para a Reabilitação do Autista) tem realizado, desde agosto de 2021, a Oficina Pedagógica de Alfabetização e Artes. A Avec, que apoia esse projeto há mais de dez anos, doou tintas, telas, colas, tesouras, giz de cera, lápis e papéis, entre outros materiais, para o início das aulas. Algumas dessas telas já ganharam vida e desenhos representando a primavera, a consciência negra e o Brasil. “Atividades que podem parecer comuns funcionam como uma ferramenta aqui. Somente quem precisa dessa ajuda sabe como o tratamento contribui para um melhor desenvolvimento do autista, sendo fundamental para o avanço da independência deles no cotidiano”, conta Michele Senra, presidente do CORA.

1 a cada 44 crianças pode ter autismo
O número de crianças até oito anos de idade com TEA tem aumentado ano após ano. Segundo pesquisa dos Estados Unidos, em 2004, 1 a cada 166 crianças apresentava autismo. Em 2012, era 1 a cada 88. Em 2020, 1 a cada 54. No último estudo em dezembro de 2021, um novo relatório: 1 a cada 44 e diagnósticos cada vez mais precoces.

Dados como esses podem, facilmente, representar a realidade mundial. Diante de pesquisas assim, não há como negar a necessidade de inclusão e adaptação dos conteúdos em salas de aula, bem como professores capacitados para isso. O CORA reconhece as dificuldades que as famílias têm em encontrar suporte em algumas escolas e oferece esse reforço e tratamento. Além da Oficina de Artes, as aulas de capoeira com o professor Léo Baiano também têm sido importantes para estimular o desenvolvimento dos alunos.
 

Copyright © Associação Vitória em Cristo 1982 - 2021. Todos os direitos reservados

AGUARDE